sábado, 18 de junho de 2011

"na-morada do meu verso"


teu riso claro
e farto, é claro
invasor não raro
da barriga do universo...


teu olhar suave
leve de ave
possui a chave
da morada do meu verso...



1999

Um comentário:

  1. minha mãe é uma musa e meu pai é um poeta!

    ResponderExcluir