quinta-feira, 23 de junho de 2011

o velho e o tempo


Fui classificado para a final de um concurso de poesias, e nesta 1ª rodada, o tema dado foi
" O velho e o tempo",
antes de escrever a poesia que eu iria mandar para o concurso, fiz este exercício que ora posto neste blog.



o tempo impiedoso e rápido

corrói

austeridade de rochas

fragilidade de gente...


mas nem ele

implacável e voraz

é capaz de desfazer

toda a beleza

da calma sábia

que transborda

da nossa longevidade...



oh! meu grande mestre perene

solto entre eras

absorto em quimeras...


as rugas

me dobram a pele

multiplicam meus desejos

de, um dia, não ser mais fome, frio , medo nem dor,

só saudade ...

2 comentários:

  1. uh uh! já ganhou!!
    esse aí ja ganharia,
    o pronto então.... é hour concour!!
    =)

    ResponderExcluir
  2. O outro é que nem o Clóvis Bornai!

    ResponderExcluir