terça-feira, 10 de abril de 2012

I Concurso Língua'fiada de Poesias (Hai Cai)


Escrever um Hai Cai, aos olhos de um leigo, pode parecer tarefa fácil, por se tratar de apenas 3 versos, mas sabemos que não é bem assim. É preciso uma concisão absoluta que contenha início, meio e fim e, ainda assim, não revelar tudo, não entregar de bandeja os meandros da poesia, deixar que o leitor faça a ‘costura’ dos versos escritos e dos não escritos. É necessário que cause no leitor, assim como toda poesia, aquela sensação de frescor, de novidade, só que em pequenas porções, não mais que o necessário, para que não se pareça ‘sem sentido’ ou um conto ou um romance ou...


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Poetas e leitores, as notas da fase passada (classificação) não serão somadas as que serão dadas daqui pra frente, ou seja, estamos começando do zero.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Para a próxima rodada os poetas devem escrever um poema com o tema:

DOR E POESIA.

Que deve ser enviado a mim, preferencialmente pelas mensagens do Facebook, até o dia 16/04 -segunda feira-, às 23:59 h, impreterivelmente.


&*&*&*&**&*¨&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&


jardim da minha amiga

todo mundo feliz

até a formiga

(Paulo Leminski)


&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*

Abaixo, os concorrentes.


&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*



"DA NATUREZA DOS RIVAIS"



(ANNIE ALEXANDRE GUERRA)



quantos ratos morrem

na esperança do sétimo óbito

de um só gato?




&*&*&*&*&*&*&*&




“SATORI II”



(Scott B. Coffe)



o pássaro voa

fazendo da natureza

sua eterna morada




&*&*&*&*&*&*&*




"SALVEM"



( J )



“Salvem a Amazonia das queimadas,

Focas, baleias e raposas,

Faunas e floras usurpadas.”




*&*&*&*&*&*&*&*




“sem título”



(iniko)



intacta pedra

- de formação calcária -

respira sangue




&*&*&*&*&*&*&*




“Germinar”



(Reyú Maôro)



Grãos de chuva vento

Gotas de terra ardente

Versos de madeira




*&*&*&*&*&*&*&*




“Sem Título”



(Turrinha)



Riozinho tranquilo

Aquarela em movimento.

Borboletas voam




&*&*&*&*&*&*&*&




“O Salvador da Natureza”



(Andrade)



Natureza morta-viva

Objetos suspensos de Dalí

Outono surreal.




&*&*&*&*&*&*&*&




“DOS MANUAIS DA NATUREZA”



(Emanuel Ferreiro)



teus olhos, ora

o mar, ora céus, te amar

em bluesverdear




&*&*&*&*&*&*&*&*&*




“COAXAR”



(Sofia Amundsen)



a floresta verde

no silêncio ar habitado

a paixão diverte!




&*&*&*&*&*&*&*&*




“Casulo”



(Erato poeta)



Magnífico milagre da natureza...

Invólucro que dorme docemente

e esconde a semente da beleza.




&*&*&*&*&*&*&*&*




"sutilezas dum amanhecer"


(Cachorro de Rua)


delicada natureza

beijo de borboletas

em flores de seda



&*&*&*&*&*&*&*&*&



“Contravenção da natureza”


(Bené)


Não se deve usar

As Cachoeiras para

Lavagem dos bichos.



&*&*&*&*&*&*&*&*





Atenção leitor:

Quem acertar o vencedor dessa rodada e mais se aproximar de sua pontuação, ganhará um livro surpresa.

Deixe seu palpite nos comentários até sexta feira, dia 13 de abril.

A pontuação vai de 24 a 60 pontos.
Só vale pra quem for seguidor do blog, e comentar logado.



Nota: os poetas Chico Baptista e Plebe, não enviaram suas poesias e nem deram qualquer satisfação, portanto ficam de fora do concurso , cedendo suas vagas para os poetas,BENÉ E CACHORRO DE RUA , que foram respectivamente, o 13º e 14º colocados na fase de classificação. Ambos souberam disso agora, dia 10/04, às 01: 20 h, portanto deverão entregar os seus Hai Cais até ao meio dia de hoje ainda.

Da próxima rodada em diante, o poeta que não enviar a sua obra a tempo, não será desclassificado, mas não receberá pontos no cômputo geral do concurso, referente àquela rodada em questão, podendo retornar ao concurso normalmente no próximo envio.



“hemerocale”

ou

“lírio amarelo”

(Dante Pincelli)

flor: só vive um dia

e antes do seu ocaso

vira poesia.

21 comentários:

  1. Eu me apaixonei pelo DA NATUREZA DOS RIVAIS, ACHO QUE TERÁ 56 pontos.

    ResponderExcluir
  2. "Casulo" de Erato Poeta com 58 pontos

    ResponderExcluir
  3. 57 pontos deste que tem total coesão.

    (ANNIE ALEXANDRE GUERRA)

    quantos ratos morrem

    na esperança do sétimo óbito

    de um só gato?

    ResponderExcluir
  4. Da natureza dos rivais de Annie com 60 pontos.

    ResponderExcluir
  5. Dante,
    Esse espaço aqui está muito aconchegante.
    As poesias estão enfeitando a sua casa de Língua pra lá de Afiada.
    Abrir essa leva com um haicai de Leminski, e justo com o que mais gosto, foi uma surpresa agradável.

    A rodada está muito boa. Quantos haicais maravilhosos, construções inteligentes e cheias de belezas. Me apaixonei por “Da natureza dos rivais” e “Germinar”. Mas não me contive e deixei-me deslizar pelo rio tranqüilo e suave de “Turrinha”, de apreciar a inteligente construção ( antenada, eu diria) de “Contravenção da natureza”.

    Quanto a pontuação, deixo um palpite: 58 pts para “Da natureza dos rivais”. Será? Tomara!

    Um abraço!
    Si.

    ResponderExcluir
  6. "DA NATUREZA DOS RIVAIS" (ANNIE ALEXANDRE GUERRA) com 58 pontos

    ResponderExcluir
  7. Da Natureza dos Rivais, muito inteligente, parabéns! palpite 60.

    ResponderExcluir
  8. Não sobrou nenhum bom palpite para o ''Da Natureza dos Rivais''...! Todos que eu pensei em dar já foram, então... Vou arriscar em outro:
    ''Contravenção da natureza'', por Bené. Arrisco 57 pontos.

    Valeu, Dante e a todos os poetas!
    Abraços,

    Lohan.

    ResponderExcluir
  9. Acima fui eu, perdoe não ter posto com conta do google, esta é minha conta. Obrigado!

    ResponderExcluir
  10. Pego a minha nave e com um clique mergulho em um mar de letrinhas tão bem arrumadas, tão harmoniosas, que produzem músicas tão leves e agradáveis... Desligo a nave e fico a navegar nesse mar de poesias...

    ResponderExcluir
  11. Turrinha pegou o 'espírito' do haikai. É um haicai perfeito

    ResponderExcluir
  12. Obrigado, Simone Prado e Jan Neves. Abração!

    ResponderExcluir
  13. "Salvem" de (J) e "Salvador da Natureza" de Andrade,pra mim,Natureza,Natureza-Morta e Dalí,são uma mescla de perfeição . Boa sorte =)

    ResponderExcluir
  14. Gostei do “Contravenção da natureza”, do Bené... achei extremamente apropriado em forma, texto e contexto de publicação.

    Lindos são Germinar de Reyú, e "sem título", do iniko.

    E continuo gostando de meu "COAXAR", que ninguém até agora "axou" legal.. :~~

    rsrs, abraços queridos

    ResponderExcluir
  15. nao se deve usar a cachoeira
    para a lavagem dos bixos


    bene

    ResponderExcluir
  16. Contravenção da natureza, de Bené, é impactante. Boa jogada.

    Sorte, poetas =D

    ResponderExcluir
  17. Terminam aqui os palpites valendo um livro de poesias.
    Sábado por volta das dez horas da manhã teremos as notas e comentários dos jurados e o anúncio do ganhador do livro.


    A todos os comentaristas meus sinceros agradecimentos, (acho que falo por todos os poetas) é por vcs que todos nós escrevemos.

    Seu comentário é o nosso salário.

    Poetas, vcs mandaram super bem nesses hai cais, realmente me emocionei com eles. Concentrem-se para não perderem as datas, agora todas as poesias devem ser entregues nas segundas feiras até às 23:59 h.

    O concurso, assim como o programa do Chacrinha, só acaba quando termina, portanto, vc poeta que ficou com poucos pontos nesta rodada, poderá estar com mais nas próximas.

    Sorte a todos.


    Honestamente.

    Dante Pincelli

    ResponderExcluir
  18. Na primeira fase, a maioria dos poemas eram longos. Penso que por isso a banca decidiu como provocação os Hai
    C
    a
    i
    s

    ResponderExcluir